Piloto morre de ataque cardíaco em voo da Aeroflot

Foto - Divulgação

Um piloto russo da Aeroflot morreu após ter um ataque cardíaco durante um voo da companhia. O co-piloto de 49 anos estava voando entre Moscou e o resort de Anapa, no Mar Negro. Infelizmente, os esforços para reviver o piloto não foram bem-sucedidos e ele foi declarado morto pela equipe médica em Rostov, onde a aeronave realizou um pouso de emergência.

Isso ocorreu durante o voo SU1546, que partiu do Aeroporto Moscow Sheremetyevo (SVO) para o Aeroporto Anapa (AAQ).

No momento do incidente o Airbus A320 de matrícula VP-BLH estava a 33000 pés. Depois de uma comissária perguntar se havia um médico a bordo, o comandante decidiu fazer um pouso de emergência no aeroporto mais próximo.

Enquanto transmitia um rádio para o Aeroporto Internacional Platov (ROV), em Rostov-on-Don, o capitão do avião avisou a torre que ele tinha uma emergência médica a bordo da aeronave.

Ao dar a ele permissão para pousar, a torre do ROV disse que eles teriam uma equipe médica à disposição quando em solo. O avião pousou com segurança em Rostov às 09:57.

O piloto fez um pouso de emergência no ROV. Foto: FlightRadar24

Apesar de uma equipe médica embarcar na aeronave e uma ambulância a postos, uma fonte disse à agência de notícias russa TASS que o co-piloto de 49 anos havia sofrido um ataque cardíaco no cockpit.

A equipe médica no terreno não conseguiu ressuscitar o piloto já morto e levou o corpo na ambulância.


“Infelizmente não foi possível ressuscitar o piloto”, disse um porta-voz da Aeroflot à agência de notícias RBC, que passou as informações para a TASS.

Relatórios preliminares apontam para a morte inesperada devido a um ataque cardíaco ou trombose. O departamento de investigação do sul do Comitê de Investigação da Rússia agora iniciará uma investigação sobre a morte do piloto e as horas que o antecederam.

DEIXE UMA RESPOSTA