LATAM 1ª Classe Jerome Cadier
Foto: LATAM/Divulgação

Nas últimas semanas, Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil, tem usado o seu perfil no LinkedIn para abordar curiosidades não só da companhia, mas também do setor da aviação. 

Neste sentido, o executivo explicou o motivo da companhia brasileira ter abdicado a 1ª classe das suas aeronaves. Entre os motivos, Cadier destaca baixa ocupação dos assentos, tornando pouco rentável, ainda mais em um setor que sofre pressões por lucros.

Curiosamente, o CEO também explica que o custo de fabricação de um único assento da Business é de US$ 50.000 (R$ 240 mil na atual cotação), onde “Mais um dos motivos pelos quais errar nesta indústria é fatal”. 

Confira a declaração na íntegra: 

Por que a LATAM Airlines não têm mais 1ª classe nos aviões? Outra das perguntas sobre curiosidades nossa e do setor!

Esta foi uma decisão tomada há oito anos atrás pela LATAM. Outras cias no mundo também tomaram esta decisão e algumas mantém a primeira classe, ou até classes superiores com suítes e chuveiros privativos. Porquê?

O que vimos acontecer nas últimas décadas é uma melhora significativa da classe Business, se aproximando muito do que antigamente era a primeira classe. O assento ficou mais amplo e reclinando 180° graus, as telas ficaram maiores e o serviço também melhorou, a ponto que era difícil perceber ou estar disposto a pagar mais pela diferença. A primeira ocupava muito espaço nos aviões (quem aqui lembra dos quatro assentos da primeira classe da TAM nos seus primeiros B777?! Maravilhosos! Voei neles uma só vez!). A verdade é que a ocupação destes assentos era inferior a 50% fazendo com que não fossem rentáveis.

Como a pressão por rentabilização é brutal e constante (e inescapável…Mas isto é tema para outro post…sobre como o setor é mal interpretado: muitos acham que as margens das empresas são enormes e que o luxo do início da aviação comercial ainda existe! Não podiam estar mais equivocados).

Esta pressão nos fez eliminar a Primeira e melhorar a Business. Assim, com mais densidade e escala a classe Business ficou mais sustentável que a Primeira. Um dos dilemas agora é qual a proporção certa de espaço na aeronave entre Business, Premium Economy e Economy. Nada fácil de mudar, mas a proporção ideal também depende das rotas em que esta aeronave vai operar.

Última informação curiosa para vocês: O custo de fabricação destes assentos da Business (um único) é de 50 Mil Dólares… Mais um dos motivos pelos quais errar nesta indústria é fatal.

Boa semana de frio polar a (quase) todos!”

LATAM Jerome Cadier
Foto: Divulgação

Anteriormente, Cadier também explicou os motivos das companhias fecharem as portas antes do horário de partida do voo, você pode descobrir mais detalhes neste post que publicamos recentemente. 

Veja a postagem do CEO da LATAM no LinkedIn, clicando aqui.