Foto - UAC

Nas vésperas do show aéreo MAKS 2021, o maior evento de aviação da Rússia que acontecerá entre os dias 20 a 22 de julho (exposição), o Diretor Geral da UAC, Yuri Slyusar e o presidente russo Vladimir Putin, se reuniram para pautar alguns pontos sobre o desenvolvimento de aviões na Rússia.

Slyusar descreveu uma maior fabricação de aeronaves SSJ-100, e também conversou com Putin sobre uma nova versão da aeronave, equipada com motores de nova geração, concorrendo com o E175-E2.

Além disso, o diretor da UAC apresentou os planos de fabricação do MC-21, que deve ter sua primeira unidade entregue ainda em 2021.

“Nós, é claro, estamos preparando várias surpresas, alguns produtos novos”, disse o diretor-geral da UAC, acrescentando que, por isso, gostaríamos de ver o chefe de estado no evento.

“Tradicionalmente, eu vou lá, é claro”, disse Vladimir Putin.

 

Sukhoi SSJ-100/75

Apesar da queda geral do tráfego aéreo causada pela pandemia, a UAC conseguiu alguns bons avanços com o SSJ-100, de acordo com Slyusar.

Os problemas de pós-vendas estão rapidamente sendo solucionados, de acordo com o Diretor Geral. Este era um dos principais envolvendo o SSJ-100, e também reforçando a fama já presente sobre os aviões russos.

Além do melhor pós-venda, os aviões SSJ-100 ganharam maior taxa de disponibilidade. A média de uso desses aviões passou para oito horas por dia, a anterior era de sete horas apenas.

Aeronave russa SuperJet em operação pela Aeroflot.

A UAC planeja fabricar 30 aviões SSJ-100 somente neste ano, e Slyusar comemorou a maior presença de aviões russos na aviação regional.

Falando sobre o desenvolvimento do programa Superjet, o chefe do UAC destacou o trabalho em andamento na criação de tecnologias de aeronaves domésticas, principalmente o motor PD-8 como alternativa à atual usina russo-francesa.

“Nossos colegas engenheiros de motor estão demonstrando um sucesso significativo e esperamos que no horizonte de dois anos recebamos nosso novo motor doméstico, que será oferecido aos clientes junto com o francês”, disse o CEO.

 

Irkut MC-21

No caso do MC-21, Yuri ressaltou os mais de 500 voos de testes da aeronave, e disse que a Irkut está empenhada em agilizar os testes para certificar o avião ainda em 2021.

O chefe do UAC falou separadamente sobre as vantagens da asa desenvolvida para esta aeronave e produzida com materiais compósitos nacionais.

Irkut MC-21 Rússia PD-14
MC-21 com motores russos de nova geração PD-14.

Como uma das principais tarefas, o chefe do UAC disse que vai elevar o nível de produção do MC-21 para 36 aeronaves por ano até 2025, e posteriormente para o nível de 72 aeronaves por ano, apesar do modelo ter menos de 200 encomendas. Yuri disse que espera mais 600 encomendas para o MC-21 nos próximos anos.

Ele acrescentou que a tecnologia do MC-21 pode ser replicada em outros aviões, assim como os seus complexos sistemas e processos de fabricação. Isso já está ocorrendo, no desenvolvimento dos motores PD-8 e PD-35 a partir do motor PS-14 que equipa o MC-21 em sua versão totalmente russa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA