Primeiras unidades do Gripen NG, devem chegar ao país em 2021

Foto - Saab AB

Os primeiros caças da FAB, o Saab Gripen NG deve chegar ao país em 2021 sendo a último
com previsão de entrega em 2024, a divulgação foi feita pela própria Força Aérea no projeto “Dimensão 22”, site da FAB dedicado a curiosidades e novos projetos da força.

Ao todo o Brasil terá 36 unidades do caça sueco, porém algumas dessas 36 serão construídas no Brasil, com a participação da Embraer e de outras empresas brasileiras, tal medida faz jus ao principal fator de escolha do caça que é a Transferência de Tecnologia, com isso o Brasil dará um salto grande no aprendizado da fabricação de caças avançados e quem sabe no futuro o Brasil possa ter um caça totalmente de fabricação nacional, idealizado e fabricado por brasileiros.

Foto – Força Aérea Brasileira

As vantagens do Gripen NG, mesmo sendo uma aeronave que esteja saindo do papel, são
inúmeras perto do atual vetor de defesa aérea da FAB, o F-5EM/FM, a começar pela geração do Gripen NG que pertence a geração 4+, essa é a geração dos principais caças no mundo atual, exceto os de 5º geração que são os norte-americanos Lockheed Martin F-22 e F-35 e o russo Sukhoi Su-57 (até então com a designação de testes T-50).

Ao todo o valor dos caças custarão cerca de US$ 5,4 bilhões. Inicialmente em agosto de 2021 devem chegar para a FAB 8 Gripens na versão monoposto (para um piloto) e mais três chegam em novembro, até 2024 a FAB junto com a Embraer e a Saab esperam que os 36 caças sejam efetivamente entregues.

Porém as atividades já começaram, uma dela foi o envio de dois pilotos da FAB para voarem o Gripen NG, curso esse que já foi concluído e os militares já estão de volta no Brasil afim de passar o aprendizado aos demais pilotos da FAB. Em 2017 o Gripen NG da versão sueca fez o primeiro voo, para 2020 está previsto o inicio da fabricação do primeiro Gripen brasileiro, através da Embraer.

Foto – Saab AB

Como pode-se observar acima e no site abaixo com mais informações sobre o Gripen, as atividades em prol no novo caça brasileiras não serão pequenas, muito menos os trabalhos envolvidos, tanto na Suécia quanto no Brasil. Sendo que a primeira base a receber o Gripen NG será a ALA 2 (antiga Base Aérea de Anápolis-GO), cujo desde 2013 está operando caças F-5EM devido à aposentadoria dos Mirages 2000C/B que foram adquiridos da França em 2005, enquanto o programa FX-2 não se concluía.

Para ter mais informações sobre o Gripen e mais curiosidades da FAB, acesse o site abaixo:
http://www.fab.mil.br/dimensao22/