Qyon Aeroesporte
Imagem: Qyon

Com objetivo de envolver o público brasileiro já entusiasta e apresentar o esporte para quem ainda não tem acesso, startup de inteligência artificial monta time para engajar, promover shows e competir

Acreditando na fusão entre a tecnologia e o talento humano, a Qyon – empresa de tecnologia de softwares com aplicações de inteligência artificial, robot, Machine Learning e Big Data para gestão empresarial – aproveita presença na Sun & Fun Aeroespace Expo, que ocorrerá entre 13 e 18 de abril em Lakeland – Flórida (EUA) para lançar a primeira equipe brasileira de aeroesporte: QyonAeroports.

A ocasião foi escolhida porque o evento é a maior convenção anual da Flórida e o segundo maior show aéreo do mundo, reunindo mais de 225 mil entusiastas da aviação, entre eles milhares de brasileiros, para exibições de tecnologia de ponta, fóruns, workshops, feiras de carreiras e exibições aéreas dos melhores artistas de airshow do mercado.

Liderada pelo CEO da Qyon Mauricio Frizzarin, idealizador do projeto e piloto, a equipe inclui também o piloto e chefe de competições Scott Farnsworth, campeão no Reno National Air Races Sport em 2015 e campeão mundial no Air Race Champion em 2016.

Para as performances, a equipe terá dois caças militares S211 SIAI Marchatetti, um Aero L-39 Albatros, um avião acrobático XtremeAir Sbach 342 (XA42) e outro do modelo Extra NG, além de um jato executivo.

“Os esportes a motor são ótimos exemplos da sincronia entre o homem e a máquina, apresentando resultados incríveis, como já visto na Fórmula 1, por exemplo. O aeroesporte vai além: busca o limite da velocidade e o máximo da precisão, pois associa o talento de experientes pilotos com a tecnologia para desenvolver belos shows, trazendo informações relevantes e também muito entretenimento.”

“Com a equipe, pretendemos fazer com que o aeroesporte seja uma plataforma de comunicação dos conceitos que a Qyon traz para o mercado, tendo em vista que o Brasil tem um público grande com interesse em tecnologia, aeronaves, inovação e competição”, ressalta Mauricio Frizzarin.

As demais competições e shows aéreos que a equipe QyonAeroports participará serão comunicados nas plataformas digitais, por meio de presença nas principais redes sociais (Twitter, Facebook, Instagram, Youtube, Tiktok) pelo usuário @qyonaeroesports, que também estabelecerá diálogo com o público tratando sobre tecnologia, esporte e interação entre homem e máquina, compartilhando conteúdos sobre aeronaves, eventos e shows.

“O objetivo é envolver o público brasileiro que já acompanha o esporte e, principalmente, apresentar o show para quem ainda não tem acesso, de forma inovadora e digital com a realidade virtual (VR), por exemplo, com uma equipe brasileira”, finaliza o CEO da Qyon.