Boeing P-8A Royal Australian Airforce- Foto: RAAF

A RAAF (Royal Australian Air Force), está fazendo um investimento para fazer melhorias nas capacidades dos P-8A Poseidon, aeronave é responsável pela missão de patrulha marítima da força aérea.

Com esse investimento outra capacidade do avião a de busca e salvamento (SAR) poderia ser ampliada e melhor usada. 

Um dos investimentos é a implantação do kit UNIPAC III SAR. Esse novo kit permite aos P-8A lance equipamentos de resgate para ajudar até 100 sobreviventes em uma única missão.

“O programa de teste é um exemplo perfeito dos benefícios obtidos quando dois parceiros internacionais se juntam como parte de uma parceria cooperativa”, diz o líder do esquadrão da RAAF, Nathan Mula.

“A RAAF não apenas dá um grande passo em direção a um marco importante de capacidade, mas a Marinha dos EUA recebe a experiência e os resultados de testes operacionais e de desenvolvimento.”

Outra novidade envolvendo os P-8A da RAAF será o aumento da frota que atualmente é de nove aeronaves, mas até 2022 esse número irá subir para 12, completando assim a frota deste aeronave.