Arte do novo Air Force One- Foto: Boeing

A fase de revisão crítica do futuro VC-25B (Air Force One), foi concluída em partes, faltando apenas algumas questões a serem resolvidas.

Esta revisão crítica do futuro Air Force One foi feita totalmente online, para que assim fossem respeitadas as restrições de aglomeração em virtude da Covid-19. A informação veio por meio de Will Roper, assistente secretário da USAF para aquisição de tecnologia e logística.

As partes do design da aeronave menos secretas foram revisadas usando programas de bate-papo por vídeo e texto. Já as partes mais secretas do novo avião presidencial dos EUA “foram analisadas em salas de conferência seguras por um número menor de funcionários”, diz Roper.

Arte que representa o ‘Novo Air Force One’- Foto: Boeing

Alguns problemas impediram a conclusão definitiva da revisão crítica do VC-25B. “Do ponto de vista do leigo, está completo”, diz Roper “Do ponto de vista do profissional de aquisição, existem alguns links para fechar”.

“Muitos engenheiros, ferramentas e talentos que seriam dedicados a outras funções comerciais da Boeing já estão disponíveis para ajudar nesse programa”, diz Roper, observando que a produção de aeronaves comerciais da empresa está ociosa. “Não vejo nenhum recibo agora [dentro do cronograma] do VC-25B por causa do Covid-19”.

Foto – AP Photo/Evan Vucci

A USAF encomendou dois Boeings 747-8, que estão passando por uma modificação completa para que ambos se transformem no novo Air Force One, que deverá entrar em serviço em 2024. Com isso os atuais VC-25A/B que são dois Boeings 747-200, serão aposentados. As aeronaves estão desde os anos 90 cumprindo a missão de transportar o presidente dos EUA.

Fonte de apoio: Flight Global/ Edição: Aeroflap


DEIXE UMA RESPOSTA