A Royal Air Maroc encomendou mais 4 aviões Boeing 787-9 nesta semana, em um contrato avaliado em US$ 1,1 bilhões. 

Na realidade esse pedido já tinha sido realizado anteriormente, porém constava como “não listado” no site da Boeing, sem citar a companhia responsável pelas encomendas.

Na frota da Royal Air Maroc esses 787 servirão de apoio para a expansão de voos internacionais. Atualmente a companhia já opera com 5 aviões da linha Dreamliner, os 787-8.

A Royal Air Maroc já voa com o 787 a partir de Casablanca para a América do Norte, América do Sul, Oriente Médio e Europa. A expansão da companhia será em mercados de alta demanda, como voos para os EUA e países da Europa.