Foto: Rostec/Sukhoi

A Rússia iniciará a produção em série do caça leve de quinta geração, Su-75 Checkmate, em 2027, disse o CEO da Rostec, Sergei Chemezov, nesta última quarta-feira (17) em uma reunião com o presidente Vladimir Putin.

O trabalho está em andamento na documentação do designer para o jato de combate leve Checkmate. Sua produção em série começará em 2027, disse o CEO da Rostec Corporation, Sergey Chemezov, logo depois do primeiro voo ser realizado, ainda sem data marcada.

“Pegamos emprestado o equipamento de bordo e o motor do caça de quinta geração Sukhoi-57, mas os reconfiguramos um pouco”, disse Chemezov, acrescentando que a Rostec estava criando o avião com seu próprio dinheiro, sem receber recursos orçamentários. Ele espera que o Ministério de Defesa da Rússia concorde em comprar o avião.

Su-75 Su-57 Rússia Stealth
Su-75 à frente, e Su-57, em uma comparação de tamanho.

O jato será uma contrapartida mais leve do Sukhoi Su-57 Felon, primeiro caça stealth da Rússia, cuja primeira unidade de produção foi entregue à força aérea do país em 25 de dezembro de 2020. O novo caça seria conceitualmente similar ao F-35 Lightning II dos EUA e o FC-31 chinês.

Em 2017, planos para o desenvolvimento desse tipo de aeronave foram anunciados pelo ministro da indústria e comércio russo, Denis Manturov. 

Também em dezembro de 2020, o chefe da estatal russa Rostec Sergei Chemezov revelou que Sukhoi estava trabalhando em tal aeronave, mas nenhuma outra informação foi divulgada. No mesmo mês, um modelo de um caça a jato monomotor desconhecido foi notado em uma foto da mesa de Chemezov.

Sergey Chemezov também apresentou o relatório anual de 2021 da empresa ao presidente russo, Vladimir Putin. Uma das principais conquistas da Rostec é um aumento de 9,9% em sua receita consolidada, que totalizou 2,06 trilhões de rublos em 2021, e um aumento na participação de produtos civis em seu mix de vendas, que totalizou 45,5%.