Sexto voo da LATAM chega ao Brasil com carga de máscaras do Governo Federal

O sexto voo da Latam, fretado pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra) para trazer ao Brasil carga de máscaras compradas pelo Governo Federal, chegou ao país na manhã desta terça-feira (19).

Os equipamentos serão destinados aos estados para enfrentamento à Covid-19. Desde o dia 6, o país já recebeu mais de 32,1 milhões de máscaras – equivalente a 160 toneladas – de um total de 240 milhões adquiridas pelo Ministério da Saúde.

O voo JJ9521 partiu de Xiamém (China), fez escala em Amsterdã (Holanda), e aterrissou no Aeroporto Internacional de Guarulhos/SP às 7h19 desta terça. A carga recorde de 7,2 milhões de máscaras cirúrgicas de três camadas, somando 40 toneladas, foi transportada em aeronave de passageiros modelo Boeing 777.

Além do porão da aeronave, a cabine foi adaptada e teve assentos retirados para receber as 3,6 mil caixas com o produto, que será distribuído entre as 27 unidades da federação.

O Ministério da Infraestrutura é responsável pela operação especial para trazer da China as 960 toneladas de máscaras cirúrgicas e N95 compradas pelo Ministério da Saúde.

O MInfra vai fretar mais de 40 voos da Latam para transportar a carga, que corresponde a 240 milhões de máscaras. O ministério também está apoiando estados e prefeituras na logística e distribuição de equipamentos enviados pelo Governo Federal ou adquiridos diretamente.

Para auxiliar no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, o Ministério da Infraestrutura desenvolveu um plano de logística e distribuição, em apoio ao Ministério da Saúde e aos governos estaduais e municipais.


O plano nacional abrange ações para viabilizar a chegada do material importado, articulação com órgãos governamentais que atuam nos aeroportos para prioridade no desembaraço aduaneiro e apoio na distribuição dos equipamentos nos estados.

 

MÁSCARAS COMPRADAS PELO GOVERNO FEDERAL QUE CHEGARAM AO BRASIL

DATAS – QUANTIDADES

06/05 – 4.432.000 unidades (19 toneladas)

10/05 – 6.106.000 unidades (30 toneladas)

11/05 – 1.770.000 unidades (11 toneladas)

15/05 – 6.348.000 unidades (30 toneladas)

17/05 – 6.220.000 unidades (30 toneladas)

19/05 – 7.232.000 unidades (40 toneladas)

DEIXE UMA RESPOSTA