Aeroporto de Brasília
Foto - Aeroporto de Brasília/Divulgação

O SNA enviou ofício à Anac na quinta-feira (25) em que pede providências quanto ao procedimento equivocado que vem sendo adotado para acesso à área restrita de segurança no Aeroporto Internacional de Brasília.

O sindicato recebeu relatos de que os funcionários do aeroporto adotam procedimentos não previstos em lei e nem na regulamentação da Anac, exigindo dos tripulantes a verificação de validade de suas licenças.

Tal prática exacerba a competência funcional dos agentes aeroportuários, já que essa verificação deve ser feita somente pelos inspetores de aviação civil da Anac. Lembramos que esses funcionários não são treinados para tal função e não representam a agência reguladora.

Os apacs deveriam apenas fazer a identificação dos tripulantes, confrontando o nome com o documento de identidade e verificando o crachá funcional.

Diante disso, o SNA solicitou que a Anac tome as providências necessárias junto ao operador do Aeroporto de Brasília para resolver os problemas relatados o mais breve possível.

Íntegra do ofício enviado à Anac: https://tinyurl.com/yd8xdmaz

 

Via: SNA