Foto: South African Airways

A South African Airways cancelou vários voos domésticos e internacionais na próxima semana, para preservar as finanças, apenas um dia depois de insistir que as operações para todos os destinos continuassem normalmente.

O porta-bandeira diz que, como parte de uma “estratégia responsável para economizar dinheiro”, está cancelando vários voos domésticos de Joanesburgo para Cidade do Cabo e Durban entre 20 e 24 de janeiro e está “trabalhando em estreita colaboração” com a companhia aérea  Mango  para ” reacomodar passageiros ”em serviços alternativos.

A SAA também cancelou alguns voos internacionais de Joanesburgo para Munique entre 20 e 25 de janeiro. Os passageiros afetados serão reacomodados nos voos da SAA para Frankfurt e  Londres Heathrow e nos serviços dos parceiros da Star Alliance para Munique.

“Essas decisões estão alinhadas com a política usual da SAA de revisar voos e consolidar serviços com baixa demanda”, diz a companhia aérea, que está passando por um programa de reestruturação após voluntariamente resgatar negócios em dezembro.

“Além disso, durante o atual processo de resgate de negócios, esses cancelamentos representam uma estratégia responsável para economizar dinheiro e otimizar a posição da companhia aérea antes de qualquer investimento adicional de capital”.

A SAA acrescenta que a consolidação na rota da Cidade do Cabo também foi necessária pela operação dos voos de treinamento Airbus A350-900, que “resultaram em capacidade excedente temporária na rota”. A companhia aérea diz que estará “analisando outras possíveis alterações no cronograma de voos nos próximos dias”.

 

Fonte: Flight Global


 

DEIXE UMA RESPOSTA