Stratolaunch
Foto: Stratolaunch LCC

O avião com maior asa do mundo em atividade (116 metros), o Stratolaunch, decolou neste domingo (16) para mais um teste, o 3° realizado pela empresa.

A aeronave continua em voo, que já registra aproximadamente três horas acima do deserto de Mojave, na Califórnia, decolando a partir do Mojave Air and Space Port.

Você pode conferir o rastreamento do voo Clicando Aqui.

Continua depois do anúncio

Veja a decolagem da gigante aeronave no vídeo abaixo:

Continua depois do anúncio

O Stratolaunch foi criado pela empresa do falecido Paul Allen, co-fundador da Microsoft, com intenção de lançar foguetes em voo, um modo mais econômico para pequenos lançamentos.

Desde o falecimento de Paul Allen, no final de 2018, os projetos da Stratolaunch desaceleraram, apesar do primeiro voo da aeronave-lançadora em 2019, enquanto sua principal concorrente, a Virgin Galactic e Orbit, só avança nas descobertas.

Com duas fuselagens, o vão no meio pode ser capaz de abrigar um foguete em lançamentos de pequenos satélites. Essa solução economiza combustível e diminui o tamanho do foguete.

Continua depois do anúncio

Em dezembro de 2021 a Stratolaunch anunciou um estudo de viabilidade, em conjunto com a Agência de Defesa de Mísseis (MDA), para testar um sistema reutilizável para mísseis hipersônicos. O foco é usar este avião para aplicações de sistemas de defesa contra mísseis (MDS).

Vários testes serão conduzidos ao longo de 2022, com foco no desenvolvimento dessa tecnologia para o MDA, incluindo voos acoplados com mísseis hipersônicos.

 

Capacidade do Stratolaunch

Continua depois do anúncio

Apesar da sua baixa autonomia, o Stratolaunch tem capacidade para receber até 250 mil kg de carga, esta deverá estar situada entre as duas cabines de tripulantes, na asa do meio.

A autonomia é bem pequena, mas suficiente para realizar essa missão e retornar para a base com sobras, no total esse avião só pode voar por até 2200 km com carga máxima.

Esta é a aeronave com maior asa já construída na história. Na propulsão esse avião conta com seis motores Pratt & Whitney PW4056, que equipam o Boeing 747 e disponibilizam até 63300 lbf cada.

Ao todo o Stratolaunch tem seis tanques de combustível, 117 metros de asa (mais do que um Antonov An-225), vazio pesa cerca de 226 mil quilos e pode pesar quase 350 mil quando com os tanques cheios de combustível. São 24 pneus e rodas nos trens de pouso principal, mais 4 no trens de pouso do nariz.