• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Taiwan aterra frota de caças Mirage 2000 após acidente

O Mirage 2000-5 #2017 foi perdido em um acidente nesta segunda-feira (14). Foto: CNA via Focus Taiwan.

A Força Aérea de Taiwan (ROCAF) aterrou completamente sua frota de caças Dassault Mirage 2000-5 após um acidente na manhã desta segunda-feira (14). O piloto ejetou, foi levado ao hospital e passa bem. 

Segundo o portal Focus Taiwan, a aeronave francesa de matrícula 2017 decolou da base aérea de Taitung, no sudeste do país, para uma missão de treinamento.

Pouco mais de uma hora depois, o piloto do Mirage, Tenente-Coronel Huang Chung-kai, reportou que estava voltando à base após o caça apresentar um “problema mecânico”.

Chung-kai acabou ejetando sobre o mar às 11h26 (horário local). Segundo a ROCAF, o aviador foi resgatado por volta de 12h06 por um helicóptero UH-60M, apresentando condições estáveis. Ele foi levado ao Hospital Memorial Taitung MacKay, onde médicos disseram que ele está bem.

Ainda assim, médicos disseram que Chung-kai deve ficar sob observação por mais 48 horas como precaução. O piloto acabou inalando um pouco de água do mar, o que pode levar a uma infecção pulmonar. 

Em uma coletiva, o inspetor-geral da Força Aérea, Major-General Liu Hui-chien, disse que todos os Mirage 2000 da ROCAF estão aterrados até que uma investigação seja concluída. O oficial também diz que, com base nas informações do piloto, o motor do jato não estava gerando energia suficiente para operar a aeronave com segurança.

Foto: Tsungfang Tsai via Scramble Magazine.

As indicações iniciais são de que um mau funcionamento mecânico provavelmente levou à queda do avião. No entanto, as causas específicas do acidente não podem ser determinadas até que os destroços do jato sejam recuperados e uma apuração mais aprofundada tenha sido conduzida, disse Liu.

A ROCAF possui 60 caças Dassault Mirage 2000-5 em sua frota, sendo doze da variante 2000-5DI de treinamento e o restante da versão 2000-5EI, de um assento. A entrega dos aviões começou em 1997 e hoje eles são operados em dois esquadrões de caça e um grupo de treinamento, todos a partir da base aérea de Hsinchu. 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.