De acordo com uma informação obtida pelo Portal FlightGlobal, nesta terça-feira (06/11), a TAP Air Portugal que é a cliente de estreia do A330-900neo deverá receber a sua primeira aeronave deste modelo nos próximos dias.

Crawford Hamilton, chefe de marketing do programa A330, disse que a aeronave já recebeu motores Rolls-Royce Trent 7000 de série, apesar do atraso, e que está no centro de entregas da Airbus em Toulouse (França) para os detalhes finais antes da cerimônia de entrega do jato para a TAP.

A Airbus garantiu a certificação do A330-900neo em setembro deste ano, após mais de 1000 horas de voos de testes, que também demonstraram uma necessidade de atualização nos motores Trent 7000 para os aviões de produção em série, direcionados para as companhias aéreas.

Existe uma previsão da TAP receber três aviões A330neo até o final de 2018, esses aviões fazem parte dos primeiros 5 que serão entregues em 2018 (previsto). A TAP encomendou 14 aeronaves A330-900.

A Azul Linhas Aéreas também espera receber um A330-900neo ainda em 2018, apesar que essa entrega pode ser adiada para janeiro de 2019 por atraso nas entregas dos motores Trent 7000.

 

O Airbus A330neo

Equipado com motores Rolls-Royce Trent 7000, o A330neo será oferecido às companhias aéreas em duas versões. Com acomodação para 257 passageiros (A330-800neo) e 287 passageiros (A330-900neo).

O Trent 7000 da Rolls-Royce é o único motor disponível para o A330neo, com o dobro da relação de bypass do Trent 700 que alimenta o A330ceo, a Rolls-Royce disse que o Trent 7000 reduz o consumo de combustível em até 10%, com todas as alterações a redução deverá ser de 15%, em relação à geração anterior.

O A330neo também é equipado com o novo interior Air Space da Airbus, preparado exclusivamente para essa nova geração do A330neo.

A Airbus já registrou 215 pedidos firmes para o A330neo. No Brasil a Azul encomendou 5 unidades do A330-900neo.