A USAF concedeu um contrato à Boeing para que o míssil LMSO (Long Range Stand-Off Cruise Missile) seja adaptável ao bombardeiro B-52H.

O contrato não foi específico nas questões sobre data de entrega, e quantidade de aeronaves que serão entregues já prontas para poder carregar o novo armamento.

Bombardeiro B-52 da Força Aérea Americana.

O valor do contrato gira em torno dos US$ 250 milhões e a data prevista, porém não confirmada de entrega é por volta de 2040, os trabalhos de integração serão realizados em Oklahoma City.

O Míssil LMSO é um substituto do míssil de cruzeiro Boeing AGM-86, lançado em meados da década de 1970. Além de ser usado no B-52, ele também será usado também no novo bombardeiro estratégico e furtivo da USAF, o Northrop B-21.