A-10 Thunderbolt II- Foto: U.s Airforce

A USAF fez mais um exercício “Elephant Walk”, mas desta fez com aeronaves de ataque ao solo Fairchild Republic A-10 Thunderbolt II, feito aconteceu no dia 21 de janeiro na Base da Guarda Aérea Nacional de Selfridge, no estado de Michigan.

Nesta base se instala o 107 Esquadrão que é subordinado a 127ª Ala de Caça. Em pouco tempo um grande número de aeronave taxiou pela pista da base e decolaram para uma missão em conjunto.

O mesmo foi feito no primeiro Elephant Walk da USAF neste ano de 2020, que usou 52 caças Lockheed Martin F-35A Lightining II, o exercício em questão aconteceu na base aérea de Hill, Utah. Na época estava tendo uma grande tensão entre os EUA e o Irã e de cerca forma o exercício em Hill serviu como um alerta aos iranianos.

Foto: U.s Airforce

O objetivo destes exercícios “Elephant Walk”, é preparar um esquadrão para uma eventual emprego em massa de aeronaves, que em até 15 minutos podem decolar e cumprir as missões a serem desguiadas. 

Quando se faz esse grande exercício que por sinal chama a tenção dos amantes da aviação, não pode-se deixar de notar que é uma forma de aviso, alerta e de constante preparo para reais atuações de conflitos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA