USAF faz exercício Elephant Walk com bombardeiros B-52 Stratofortress em base aérea na Micronésia

Elephant Walk- Foto: Pacific Air Forces

Ocorreu ontem, dia 13 de abril, na base aérea norte-americana de Andersen, em Guam (território dos EUA na Micronésia, Oceano Pacífico), um exercício Elephant Walk de peso e respeito.

Pela pista da base taxiaram das principais aeronaves da Força Aérea dos EUA. A começar pelos bombardeiro estratégicos B-52 Stratofortress e pelos aviões-tanque KC-135.

Ao todo foram 14 aeronaves na pista da Base Aérea Andersen, realizando um exercício em conjunto. Destas foram cinco BUFFs (como também é chamado o B-52), seis aviões-tanque KC-135 Stratotankers, um UAV MQ-4C Triton da Marinha dos EUA e um RQ-4 Global Hawk, da USAF e um helicóptero MH-60S Knighthawk, também da Marinha dos EUA liderando a formação.

Elephant Wakk na base da USAF em Guam- Foto: Pacific Air Forces

“O Elephant Walk mostra a prontidão e a capacidade da 36ª ala de gerar poder aéreo de combate a qualquer momento para garantir a estabilidade regional em todo o Indo-Pacífico“, disse um comunicado das Forças Aéreas do Pacífico (PACAF).

A 36ª ala da USAF é a ala anfitriã da Base Aérea de Andersen.

Como foi dito no comunicado da base, o Elephant Walk é na verdade uma mostra de prontidão de uma base aérea. Após o desfile na pista, as aeronaves decolam para uma determinada missão.

Além de ser uma amostra de poder bélico, o exercício rende ótimas fotos que foram compartilhadas pela equipe norte-americana situada no pacífico.


Bombardeiros B-52H- Foto: Pacific Air Forces

A base localizada estrategicamente recebe uma leva de importantes aeronaves do arsenal norte-americano, incluindo o já comentado B-52H, mas outros bombardeiros como o supersônico B-1B Lancer e o furtivo B-2A Spirit.

 

DEIXE UMA RESPOSTA