Um dos caças F-35A que foi enviado de Hil no estado de ,Utah para base de Aviano, Itália- Foto: U,s Airforce

A USAF implantou o primeiro esquadrão de caças F-35A na Itália, os caças partiram da base da USAF de Hill, em Utah, e pousaram na Base Aérea de Aviano, Itália, no último dia 23.

Outros seis caças F-35A chegaram a Base Aérea de Aviano no dia 25 de maio. As aeronaves são pertencentes ao 388º. e o 419º Fighter Wings. Com essa implantação os EUA tem dois esquadrões de F-35A na Europa, o primeiro foi implantado em 2017 no Reino Unido.

Com a presença norte-americana em bases estratégicas na Europa e com caças de ponta como os F-35A os EUA poderão ter uma flexibilidade dentro do velho continente, além de participarem de exercícios militares que ocorrem na Europa sem mover tantas aeronaves dos EUA.

Os F-35 recém implantados na Itália irão participar do Astral Knight 2019 em Aviano, participarão do FWIT (Treinamento de Instrutor de Armas de Caça) 2019.

F-35A decola para mais uma missão (Imagem ilustrativa)-
(U.S. Air Force photo by R. Nial Bradshaw)

A presença dos F-35 na Europa serve também como estratégia de marketing do caça no continente. A própria Suíça está escolhendo um novo caça e o F-35 é um dos candidatos a ocupar a vaga de defensor do espaço aéreo suíço.

Caças do 388º esquadrão também estão sendo enviados aos Emirados Árabes Unidos para apoiar a Operação Inherent Resolve na Síria e no Iraque.

Três F-35A Lightning II da USAF, taxiando na Base Aérea de Al Dhafra, Emirados Árabes Unidos (U.S. Air Force foto by Staff Sgt. Chris Thornbury)

O número de caças F-35A está aumentando cada vez mais, o 196º caça F-35 deve ser entregue brevemente na base aérea de Hill, em Utah. O planejamento dos EUA é comprar 2.663 unidades do caça stealh que serão distribuídas entre a U.s Airforce, Us Navy e Marines.

“Toda a equipe do 421ª está extremamente animada com essa implantação”, disse o tenente-coronel Richard Orzechowski, 421º comandante do Esquadrão de Caça, em uma declaração pública publicada pela USAF.

“Como a 388ª esquadra final da Fighter Wing para a transição para o F-35A, fomos capazes de alavancar a experiência do 4º FS e 34º FS e levar o esquadrão para a estrada apenas seis meses depois de recebermos nossos primeiros jatos. Estamos realmente ansiosos para continuar a coesão construída com nossos aliados e parceiros. É um verdadeiro privilégio obter o tempero, o treinamento e as experiências de vida para o nosso 388º e 419º FW Airmen. ”

Caças F-35A da USAF-Foto Ilustrativa (U.S. Air Force photo by R. Nial Bradshaw)

“É uma grande honra fazer parte de outro marco para a Hill (AFB) e a comunidade do F-35“, disse o major James Russell, piloto do F-35 com o 419º FW. “Localmente, este esforço é uma demonstração do nosso construto Total Force Integration trabalhando duro entre o 388º e o 419º Fighter Wings. Em uma escala maior, é uma ótima oportunidade para mostrar nossa mais nova plataforma de combate às nações parceiras e assegurar a essas nações nosso contínuo apoio à segurança e à segurança ”.