Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Foto: USAF

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) recebeu o primeiro protótipo de um canhão a laser de alta energia aerotransportado (AHEL, na sigla em inglês). Com isso, a USAF pretende conduzir os primeiros testes a partir do ano que vem, ampliando o arsenal diversificado do AC-130J ao possibilitar ataques a alvos de forma discreta e silenciosa.

Segundo a Lockheed Martin, o protótipo do laser completou os testes de aceitação de fábrica, com a próxima etapa dos testes a ser realizada em solo e voo. Os primeiros testes serão realizados em um rápido cronograma, onde o sistema a laser de 60 kW será disparado contra alvos no chão.

Com os planos para a total implantação do “Sistema Tático de Armas Laser Aerotransportadas” até 2025, a USAF ampliará o arsenal disponível ao AC-130J. A aeronave tem a sua disposição atualmente, canhões de 30 mm e 105 mm, munições guiadas, bombas de precisão e mísseis Hellfire.

Além do desenvolvimento da nova arma futurista, a Lockheed Martin também recebeu um contrato de US $12 milhões da USAF para fornecer serviços técnicos, integração, teste e demonstração do nosso sistema a laser para os próximos 5 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA