Veja esse belíssimo teste do novo avião russo MC-21

avião Irkut MC-21

A Irkut realizou recentemente um belíssimo teste com o MC-21-300, o seu novo avião narrowbody. 

O teste foi uma série de simulações de operações em pistas alagadas de água, com velocidades de até 150 nós (277 km/h). Todos ocorreram no Aeroporto de Ulyanovsk, durante os dias 16 a 22 de julho.

Ao todo foram 29 vezes que o avião taxiou nas pistas adaptadas do Aeroporto de Ulyanovsk, utilizando às vezes o reverso para testar sistemas acessórios. A piscina utilizada tinha 70 metros de comprimento e 20 metros de largura, essas medidas já são de acordo com os critérios internacionais de certificação.

A Irkut disse que o teste demonstrou que o MC-21 foi capaz de realizar “movimentos seguros em uma pista molhada, em uma ampla gama de velocidades, sem falhas”. A aeronave também permaneceu estável e sob controle.

Desta forma o MC-21 foi aprovado nesses testes em alta velocidade e simulando o pouso ou decolagem em uma pista alagada de água. 

O Water Ingestion Test é feito usando uma “piscina” de água, que é montada em uma pista comum, de pouso ou decolagem. Os tripulantes aceleraram progressivamente a aeronave de encontro para uma grande bacia de água.

Contudo e apesar da velocidade informada anteriormente, esse teste é geralmente realizado em cinco velocidades entre 80 a 140 nós.


Esse teste verifica se os sistemas do avião, principalmente os que ficam perto do trem de pouso, suportarão o impacto da água durante o pouso, decolagem ou taxiamento.

“É necessário confirmar que, durante o movimento da aeronave, a água não atrapalha o funcionamento dos [motores] e da unidade de potência, nem danifica elementos estruturais e sistemas da aeronave”, afirma a Irkut.

 

O Irkut MC-21

O MC-21-300 tem capacidade para 163 a 211 passageiros, sempre em configuração de duas classes. A Irkut promete um custo até 15% menor de operação do MC-21 em comparação com os concorrentes atuais, como o Airbus A321neo.

A Irkut tem mais de 185 encomendas, com mais 100 opções de compra, para o MC-21. Contudo, a maior parte dessas encomendas é proveniente de companhias da Rússia.

Esse teste da matéria faz parte da série de certificação do MC-21, que deverá ser concluída no final de 2020 na Rússia, e com o certificado emitido pela EASA em 2021.

 

DEIXE UMA RESPOSTA