Tu-160 é acompanhado por um F-16 dinamarquês durante voo de treinamento no dia 15/06. Foto: MD Russo.

Um par de bombardeiros supersônicos Tu-160 Blackjack da Aviação de Longo Alcance da Rússia, escoltados por caças Su-35S  das Forças Aeroespaciais e Su-27 das Forças Aeronavais da Frota da Báltico, conduziram um voo de treinamento sobrevoando águas neutras do Mar Báltico na terça-feira (15). 

Durante o voo que durou cerca de oito horas, as aeronaves russas foram acompanhadas por caças JAS-39 Gripen da Suécia, F-16C Fighting Falcon da Dinamarca e F-35A Lightning II da Itália. Segundo o The Aviationist, os bombardeiros russos pertencem ao 121º Regimento de Aviação de Bombardeiros Pesados de Guardas, a única unidade que opera os cerca de 16 bombardeiros Blackjack. 

Os voos de aeronaves das forças russas, bem como suas interceptações e acompanhamentos, são eventos comuns na região. O Ministério da Defesa da Rússia informou que suas tripulações realizam voos regulares sobre águas neutras do Ártico, Atlântico Norte, Mar Negro e Báltico e Oceano Pacífico. 

JAS-39C visto do Tu-160. Foto: MD Russo.

Recentemente, dois caças F-35A da Itália acompanharam um An-12 que era escoltado por pelo menos um caça Su-30SM Flanker-C.