737 MAX 7,8,9 enfileirados em projeto - Foto Boeing Media
Foto – Boeing Media

O setor da Boeing responsável por aeronaves executivas, a Boeing Business Jets, está considerando uma versão de maior alcance do 737 MAX 7 para oferecer aos seus clientes, no mesmo molde do atual 737-700 NG BBJ. Está nova aeronave também iria preencher uma lacuna entre o Boeing 787 e o novo 737 MAX, em termos de alcance em voo.

“Somos um grande pedaço desta conversa,” disse o presidente da Boeing Business Jets, David Longridge, durante a feira de aviação EBACE.

A Boeing já estava com planos para fabricar um 737 MAX 7 com alcance para 11200 km de voo, o novo projeto seria composto por uma fuselagem de 737 MAX 7 com a asa de um 737 MAX 8, que tem maior capacidade de abastecimento. No ano passado a Boeing lançou o BBJ MAX com a fuselagem e da asa do MAX 8, mas manteve o 737 MAX 7 como uma linha VIP de aeronaves, sem alterações estruturais quando comparado a sua versão comercial.

Mais recentemente, a Boeing Commercial Airplanes reconheceu que o 737 MAX 7 necessita de uma maior capacidade de passageiros para alavancar suas vendas para as companhias aéreas, além de aumentar o alcance geral da aeronave, que poderia levar também a incorporação da asa do MAX 8 na menor versão do 737 MAX.

“Estamos muito empenhados nessa discussão, nós queremos um avião capaz de voar por 11000 km. E estamos no caminho para anunciar algo muito em breve, provavelmente nos próximos meses.” disse Longridge na EBACE 2016.

COMPARTILHAR