Olá pessoal! Como vão? Queria antes de tudo desejar um feliz 2016 para todos e pedir desculpa pela demora de postar novamente as nossa série também mereço uma folguinha…haha. Brincadeiras a parte vamos ao o que interessa, no post de hoje iremos ao penúltimo aeroporto da nossa série que fica lá na capital capixaba, isso mesmo, o Aeroporto Eurico Salles lá em Vitória-ES.

————————————————————————————————————–

Foto : Reprodução/ Airportnews
Foto : Reprodução/ Airportnews

Conhecido como Aeroporto de Vitória ou também da Goiabeiras o aeródromo da capital capixaba entrou na nossa lista na quarta posição e vamos agora saber o porquê.

Inaugurado no final do ano de 1943, em plena segunda guerra mundial, o mesmo foi construído por um acordo firmado entre o governo Brasileiro e as forças armadas norte americanas que precisavam de pontos para abastecimento ou até mesmo de apoio quando seguiam para a europa.

Hoje o aeroporto atende a mais de 3 milhões de pessoas que se deslocam para a capital do ES e para as principais cidades do país tem uma capacidade para receber aeronaves que vão desde ATR, para operações de baixa demanda, até um Boeing 767 (que operam procedente de Miami e Campinas para transporte de carga).

Com uma pista de 1750m, o aeroporto localizado no bairro de Goiabeiras é considerado um dos piores do país pela falta de reformas e modernização que se arrastam há anos e vem operando com 4,5 vezes mais passageiros que deveria. Políticas públicas para a reestruturação dele vem se arrastando desde 2007, mas com suspeitas de superfaturamento as obras foram suspendidas e retomadas no ano de 2015, com previsão de conclusão para 2017.

O aeroporto ainda não conta com uma torre de controle em funcionamento ou uma dupla pista para separar o pouso e decolagem (devido ao seu intenso movimento).

 

Texto – Totalmente por Igor Danin, ex-Aeroflap, informações postadas aqui são de total responsabilidade do autor do texto.

COMPARTILHAR
Igor Danin

Estudante , sou da Aeroflap desde novembro de 2013 e acompanhei o crescimento e sucesso da página desde o início antes de me tornar adm, e agora que faço parte da equipe cresço junto com o site.