A-10 Thunderbolt Raytheon
Foto: Divulgação/Raytheon

A Raytheon Technologies assinou um contrato com a Força Aérea dos Estados Unidos para atualizar os caças A-10 Thunderbolt II. Por US$ 46,2 milhões, a empresa fornecerá um novo computador para as aeronaves, com processamento modernizado para controle de sistemas de combate.

Desta forma, o atual computador de missão e sistema de gerenciamento de armas, em uso desde 1970, será substituído por uma nova versão da Raytheon. O novo sistema de gerenciamento central, chamado de COSMC, pode ser utilizado em qualquer aeronave, e foi escolhido pelo baixo custo de implementação.

“Nosso sistema COSMC é um avanço tecnológico significativo para o A-10”, disse Denis Donohue, presidente de Sistemas de Gerenciamento de Comunicações e Espaço Aéreo da RI&S. “Este sistema independente de plataforma oferece a atualização geracional necessária para que o Warthog permaneça altamente capaz no futuro. Estamos ansiosos para transformar e revigorar as plataformas de nossos clientes para que estejam preparados para enfrentar qualquer missão, qualquer desafio.”

Jatos de ataque A-10C Thunderbolt II e aeronaves de resgate em combate HC-130J Combat King II e HH-60 Pave Hawk. Foto: Ryan Callaghan/USAF.

O caça A-10 Thunderbolt II também ganhou recentemente outra atualização significativa, esta é composta por um novo par de asas para cada avião, aumentando a vida útil do A-10. 

Cada kit consiste em conjuntos de asa externa e central, superfícies de comando e kit de integração da fuselagem. As asas atualizadas são mais duráveis, eficientes e fáceis de manter, estendendo a vida útil dos A-10 para 10.000 horas.

Também chamado de Warthog, o A-10 é hoje o único avião de ataque dedicado da frota dos EUA. Apesar da USAF ter tentado aposentar o A-10 diversas vezes ao longo dos anos, o avião segue firme e forte na frota, recebendo atualizações e reparos de longo prazo, como as novas asas e a integração de novos armamentos avançados. Apesar de ser uma aeronave veterana, o A-10 permanece relevante mesmo contra certa ameaças modernas.