Air Índia quer empréstimo visando financiar seus Boeings 777 e 787

A companhia indiana, Air Índia, anunciou na última quarta-feira(11) que está em busca de um empréstimo para poder financiar suas aeronaves. Com as contas não fechando, a companhia teve de buscar mais uma vez uma forma de refinanciamento em capital estrangeiro para poder pagar alguns Boeings 777 e 787.

A Air Índia pretende arrecadar cerca de US$ 824 milhões em curto prazo, até o final desse mês de novembro. Uma outra situação acontece com a companhia estatal, o governo ampliou até o final do mês de dezembro o prazo para licitações para arrematar a empresa.

Para tentar facilitar o empréstimo, a companhia colocou seus Boeings 777 e 787 como garantia de pagamento. Juntamente com as aeronaves em garantia, a companhia pretende pagar em um prazo máximo de 1 ano da data do recebimento do empréstimo. Está não é a primeira vez que a companhia busca essa alternativa para pagar suas aeronaves.

No processo de venda da companhia inicialmente estava prevista a incorporação da divida existente da Air Índia na compra. Entretanto, o governo voltou atrás e deu a liberdade do comprador dizer o quanto da divida da empresa poderá pagar. As dividas giram em torno de US$ 3 bilhões.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA