Airbus A350F
Projeção: Airbus

A Airbus assinou nesta sexta-feira (19/11) mais uma intenção de encomenda para aviões A350F, a versão cargueira que foi recentemente lançada. O pedido partiu da CMA CGM Group, mais uma empresa de transporte marítimo que está entrando na aviação, depois da Maersk.

O pedido, que está sujeito a finalização nas próximas semanas, elevará a frota total da Airbus da CMA CGM para nove aeronaves, incluindo cinco aviões A330-200F que foram encomendados. A aeronave será operada pela CMA CGM AIR CARGO, empresa recém-lançada do Grupo CMA CGM.

Desta forma o Airbus A350F também acumula mais encomendas já no início do seu desenvolvimento. São 11 pedidos no total até o momento.

A Airbus revelou durante o Dubai Airshow que planeja um A350 cargueiro capaz de levar até 109 toneladas a bordo. Em comparação com o atual 777F, baseado no 777-200LR, esta capacidade divulgada pela fabricante permite levar 5 toneladas a mais.

Transportando todas as 109 toneladas possíveis, a aeronave ainda assim terá um excelente alcance de 8700 km. A fabricante também divulgou um alcance acima de 11000 km com 92 toneladas a bordo.

A intenção da fabricante é disponibilizar um produto capaz de concorrer com o atual Boeing 777F, e também substituir aviões usados do modelo 747-400F.

Com uma porta gigante, o A350F poderá receber até mesmo grandes motores de aeronaves, incluindo o General Electric GE-9X que equipa o Boeing 777X, que provavelmente terá uma versão cargueira. 

A Airbus ainda tirará cinco seções da fuselagem dianteira do A350-100 para encurtar o A350 em 3,17 metros. O cargueiro deverá utilizar os mesmos motores do A350-1000, os Rolls-Royce Trent XWB de 96000 lbs de empuxo (cada).

O A350F estará disponível a partir de 2025 e terá um peso máximo de decolagem de 317 toneladas, em comparação com 319 toneladas para o A350-1000.

DEIXE UMA RESPOSTA