• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

ALTA destaca as conquistas e os desafios da aviação no seu dia internacional

ALTA Aviação América latina
Foto: Divulgação

Em comemoração ao Dia Internacional da Aviação Civil, nesta quinta-feira (7/12), o CEO da ALTA reforça a importância desta indústria que impulsiona a conectividade e promove o fomento econômico, evidenciando seu vasto potencial na América Latina e no Caribe. “Atualmente, a aviação liga a região a 1.068 destinos em todo o mundo, 42% a mais do que há 20 anos. A aviação permite que 1,5 milhão de toneladas de insumos de alto valor cheguem a tempo ao seu destino”, dosse José Ricardo Botelho, CEO da Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA), que está convencido de que a aviação possibilita o desenvolvimento da região.

Para Botelho, a aviação não apenas possibilita o desenvolvimento regional, mas também ativa uma extensa cadeia de valor, gerando oportunidades para todos os envolvidos. “Esse setor gera 8 milhões de empregos na América Latina e no Caribe, liga um território de mais de 20 milhões de quilômetros quadrados por meio de 2208 rotas em 490 aeroportos onde operam voos comerciais. Entre janeiro e outubro deste ano, foram transportados mais de 370 milhões de passageiros, um crescimento relevante em comparação com os 18 milhões de passageiros transportados em 1970″, defende.

A ALTA comemora as realizações da aviação civil na região em seu dia internacional, destacando que, apesar das conquistas, a indústria ainda enfrenta desafios significativos na América Latina e no Caribe. Esses desafios incluem a necessidade de melhorias na infraestrutura, custos elevados que elevam os preços das passagens aéreas, volatilidade nas taxas de câmbio das moedas locais, aumento nos preços dos combustíveis, entre outros obstáculos que impedem o pleno desenvolvimento dessa poderosa indústria regional.

Como resultado, a ALTA lançou uma nova campanha para aumentar a conscientização sobre todos os aspectos da aviação. Com o slogan “Juntos voamos mais alto”, a iniciativa busca proporcionar uma perspectiva abrangente a todos os habitantes da região, cujo cotidiano está diretamente ligado às decolagens de aeroportos ao redor do mundo. A campanha visa ser um ponto de reflexão, evidenciando que a aviação não impacta apenas passageiros e o setor turístico, mas reverbera em toda a população, que, de uma maneira ou de outra, depende de insumos provenientes de voos ou mantém empregos apoiados de forma direta, indireta, induzida ou catalisada por essa indústria. Essa iniciativa é um apelo às autoridades dos países da região para que estabeleçam agendas de Estado voltadas para promover a aviação civil como aliada do desenvolvimento e motor da economia. E é também um apelo aos passageiros, ao público em geral e aos parceiros da indústria para que entendam e compartilhem o papel essencial da aviação na sociedade.

 

 

 

Leia também: 

 

 

Via: ALTA 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.