Azul Copa Sul-Americana Bragantino
Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

A Azul Linhas Aéreas realizou o transporte da delegação do time Red Bull Bragantino para disputar a final da Copa Sul-Americana em Montevidéu no Uruguai. Esta será a primeira vez que o time de São Paulo irá disputar uma final internacional.

Para transportar o Bragantino, a Azul escalou o Embraer 195 de matrícula PR-AXU com capacidade para 118 passageiros. A aeronave partiu de Porto Alegre no começo da tarde desta última quarta-feira (17) cumprindo o voo AD9712, chegando em Montevidéu cerca de 1 hora e 10 minutos depois.

Azul
Foto: Gabriel Benevides/Aeroflap
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Red Bull Bragantino (@redbullbragantino)

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Red Bull Bragantino (@redbullbragantino)

Nos últimos anos, as finais das competições sul-americanas de futebol tem sido bem ‘frequentadas’ por times brasileiros. Com uma facilidade maior para deslocar atletas, os times buscam fechar acordos com as companhias aéreas para realizarem voos fretados para essas competições.

Esta também tem sido uma aposta das empresas para gerar uma ‘renda’ extra diante do cenário que a aviação enfrentou nos últimos tempos. No começo desde ano, a GOL fretou e realizou uma ação para transportar os times do Palmeiras e do Santos para a final da Libertadores que foi realizada no Rio de Janeiro.

Neste ano, tanto a final da Copa Sul-Americana como a Taça Libertadores serão realizadas em Montevidéu no Uruguai, e ambas com times brasileiros na final. O time adversário do Bragantino é o Athletico-PR.

O time paranaense também chegou na tarde desta última quarta-feira (17), porém quem realizou o transporte do time foi a Sideral. A companhia aérea que mantem uma base operacional em Curitiba, geralmente é quem realiza o transporte dos times do estado para outras competições.

Para o transporte, a Sideral escalou seus dois Boeings 737-500 com as matrículas PR-SDH e SHE. Essas aeronaves possuem uma configuração totalmente executiva para transportar 52 passageiros. 

As aeronaves partiram de Curitiba às 14h00 e 14h15 respectivamente, chegando em Montevidéu às 16h05 e 16h20 respectivamente. 

Boeing 737 Sideral
Boeing 737-500 da Sideral, equipado com Winglets. Na época realizando transporte para o time do Cruzeiro

DEIXE UMA RESPOSTA