Aeronaves KC-46A Pegasus instalações da Boeing em Everett- Foto: Jeff Martin / Staff

A linha de produção do avião-tanque KC-46A Pegasus e do P-8 Poseidon de patrulha-marítima será suspensa temporariamente pela Boeing em todas as instalações de Seattle em virtude da Pandemia do Coronavírus.

“A Boeing planeja começar a reduzir a atividade de produção hoje e projeta que a suspensão dessas operações comece na quarta-feira, 25 de março, em locais na área de Puget Sound”, disse a empresa em comunicado nesta segunda-feira.

KC-46A Pegasus- Foto: tecimento Aéreo -Foto da Guarda Nacional Aérea dos EUA

Segundo o porta-voz uma das áreas que vão suspender a produção são justamente as de Everett e Renton, onde são fabricados os novos aviões da U.s Air Force e da Us Navy.

“Planejamos suspender temporariamente todas as operações de produção, incluindo as relacionadas ao P-8 e KC-46A, na região de Puget Sound”, disse o porta-voz. “Estamos ativamente envolvidos com nossos clientes de defesa para minimizar qualquer impacto em suas missões. Certos trabalhos de não produção para todos os programas de aeronaves comerciais derivadas, incluindo os aprimoramentos do sistema de visão remota KC-46, continuarão sendo realizados por funcionários que trabalham remotamente”, finalizou o porta-voz em sua declaração postada pelo site Defense News.

Alguns funcionários da Boeing estão trabalhando no esquema Home Office, mas existem atividades da empresa que não é possível esse método de trabalho recomendável da OMS.

P-8A Poseidon da Us Navy-Foto: Boeing

“O P-8, o KC-46 e outras produções de defesa da Boeing na área de Puget Sound são principalmente de baixo volume, como cerca de 1-2 por mês”, disse ele. Devido a isso acredita-se que este tempo seja recuperado quando as coisas voltarem ao normal.

O CEO da Boeing, Dave Calhoun, também se manifestou sobre a suspenção nas atividades de linha de produção, para Calhoun, é “etapa necessária” para proteger os funcionários da empresa centenária.


 

 

DEIXE UMA RESPOSTA