COMAC C919 Fabricação Assembly
Foto: COMAC

A COMAC iniciou a montagem final do primeiro avião C919 que será direcionado para uma companhia aérea, se aproximando cada vez mais da certificação da sua aeronave,após vários anos de desenvolvimento.

A China Eastern Airlines será a companhia responsável por receber essa aeronave, e também pela primeira entrega de um avião C919. O planejamento da fabricante chinesa continua o mesmo, de entregar este C919 ainda em 2021.

Três das maiores companhias aéreas da China irão operar o novo jato, cerca de 28 companhias aéreas encomendaram 815 novos aviões.

A China Eastern Airlines tem 25 encomendas firmes para o C919. A companhia aérea está planejando usar a nova aeronave para seu braço de baixo custo, a OTT Airlines, que vai operar apenas aviões chineses.

Foto – COMAC/Reprodução

No geral a COMAC disponibiliza 3 versões para compra que alcançam de 156 passageiros até 174 quando em configuração de única classe com alta densidade. A aeronave da COMAC tem uma autonomia de 4075 km. Uma versão de longo alcance pode voar até 5555 quilômetros.

O seu projeto tem participação de empresas americana e europeias para construir diversos sistemas da aeronave, outro passo para a ocidentalização da COMAC. Os motores, por exemplo, são fabricados pela CFM, da mesma linha Leap, que equipa o Airbus A320neo e o Boeing 737 MAX.

Essa é a grande aposta da empresa para concorrer com o Boeing 737 MAX e o Airbus A320neo. A aeronave já acumula mais de 700 encomendas, todas por companhias aéreas da China.

 

DEIXE UMA RESPOSTA