A-29 Embraer Super Tucano USAF Operações Especiais
Um dos três A-29C Super Tucano ostenta uma pintura da Segunda Guerra Mundial. Foto: SNC/Divulgação.

O Comando de Operações Especiais da Força Aérea dos EUA (AFSOC) recebeu no dia 31 o seu terceiro último A-29 Super Tucano, designado A-29C, anunciou a Sierra Nevada Corporation (SNC). 

Segundo a companhia, parceira da Embraer nos EUA, os Super Tucanos entregues ao AFSOC são os mais tecnologicamente aprimorados e com capacidade de missão lançados no mercado.

As aeronaves serão empregadas na missão de Combat Aviation Advisor (CAA), projetada para aumentar a capacidade de parceiros internacionais. Os dois primeiros A-29C, entregues no início de março, já estão realizando operações de treinamento com o AFSOC na Base Aérea de Hurlburt Field, QG do AFSOC, na Flórida.

Sierra Nevada/Divulgação.

Como padrão mais alto para aeronaves de ataque leve, combate e reconhecimento, o A-29C é construído nos EUA pela SNC e sua parceira, a Embraer Defesa & Segurança. A SNC também é contratada para fornecer equipamentos de apoio em terra, treinamento de pilotos, suporte logístico contratado, peças de reposição e sustentação para o programa.

Veja mais: Super Tucano com pintura especial faz passagem em corrida nos EUA

“A SNC está incrivelmente orgulhosa de fazer parceria com a Força Aérea dos EUA para apoiar esta missão global crítica”, disse Ed Topps, vice-presidente sênior de sistemas e programas de aeronaves táticas da área de negócios de ISR (Inteligência, Vigilância e Reconhecimento), Aviação e Segurança (IAS) da SNC.

“Com uma linha de produção ativa e baixos custos de ciclo de vida, o A-29C pode fazer a transição facilmente para o campo para aprimorar o suporte aos combatentes e fornecer recursos há muito esperados para aqueles que estão no solo.”

Específico para a missão da CAA, o A-29C fornece ao AFSOC recursos avançados para fins de avaliação, treinamento, aconselhamento, assistência e acompanhamento das forças de aviação das nações parceiras no emprego do poder aéreo, sustentação e integração de forças.

Uma das aeronaves entregues à USAF possui uma pintura especial, relembrando às usadas por caças P-51 de operações especiais durante a Segunda Guerra Mundial.