Esquadrilha da Fumaça EDA Embraer
Aeronaves A-29 Super Tucano da Esquadrilha da Fumaça. Foto: Sargento Batista/FAB.

A Embraer está celebrando as 500 mil horas de voo frota mundial de aeronaves A-29 Super Tucano. Com mais de 260 unidades entregues, a aeronave já foi selecionada por mais de 15 forças aéreas em todo o mundo, incluindo a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), além de vários países da América Latina, incluindo Chile, Colômbia, Equador e República Dominicana e Brasil, primeiro operador da aeronave no mundo.

Desenvolvido para atender aos exigentes requisitos da Força Aérea Brasileira (FAB), o A-29 pode realizar uma ampla gama de missões, incluindo ataque leve, vigilância e interceptação aérea e contra-insurgência. Robusto e versátil, o A-29 tem a capacidade de operar a partir de pistas remotas e não pavimentadas em bases operacionais avançadas em ambientes hostis e com pouco suporte, tudo isso aliado a baixos custos operacionais e alta disponibilidade (superior a 90%).

Além das funções de combate, a aeronave é amplamente utilizada como treinador avançado. Sua capacidade de simular missões de combate e fazer upload e download de dados de voo o tornaram uma plataforma de treinamento altamente eficaz. Como uma verdadeira aeronave multimissão, o A-29 é flexível o suficiente para fornecer às forças aéreas uma única plataforma para ataque leve, reconhecimento armado, apoio aéreo aproximado e treinamento avançado, otimizando assim suas frotas.

Em resumo, o A-29 Super Tucano representa o melhor de sua classe, combinando desempenho superior com armas do século 21, sensores integrados e sistemas de vigilância para criar um componente altamente eficaz de poder aéreo. Outros clientes incluem Indonésia, Líbano e Filipinas. Na África, o A-29 foi escolhido por Burkina Faso, Mali, Mauritânia, Angola e, mais recentemente, Nigéria.

 

Via: Embraer