F-35A Lightining II- Foto da Força Aérea dos EUA por Airman Sênior Alexander Cook

A 388ª Ala de Caça ativa e a 419ª Ala de Reserva continuam a treinar e pilotar o F-35A Lightning II, apesar do atual Pandemia de coronavírus.

Na base aérea de Hill, em Utah, já houve um caso confirmado de coronavírus. O registro aconteceu ontem dia 25 de março.

Como os casos continuam a se espalhar nos EUA e mais diretrizes e restrições são impostas para impedir a propagação da doença, as asas implementaram seus próprios medidas há duas semanas. O maior foram operações aéreas segmentadas.

Durante as operações segmentadas, o 421 ° Esquadrão de Caça, o 4 ° Esquadrão de Caça e as unidades de manutenção de aeronaves estão sendo rotacionados semanalmente. Quando não está voando, pede-se que os aviadores fiquem em casa o máximo possível, saindo apenas para itens essenciais: compras de supermercado, consultas médicas, atividades de condicionamento físico com distanciamento social.

F-35A – Foto da Força Aérea dos EUA por Cynthia Griggs

Com o 34º Esquadrão de Caça já implantado, o cronograma de trabalho / movimento restrito permite a separação entre grupos de aviadores que podem ser necessários para implantar a qualquer momento.

Áreas comuns e equipamentos compartilhados também estão sendo desinfetados rotineiramente e novos procedimentos de preparação do lado do avião entre pilotos e chefes de tripulação foram implementados para seguir as diretrizes de distanciamento social.

O 388º FW e o 419º FW são as primeiras unidades F-35A da Força Aérea. Eles voam e mantêm o jato em uma parceria da Total Force, que capitaliza a força de ambos os componentes.


Fonte: U.s AirForce

DEIXE UMA RESPOSTA