GOL fecha acordo coletivo de trabalho com 5200 tripulantes para evitar demissões

GOL

A GOL Linhas Aéreas acaba de aprovar um acordo coletivo inédito com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), cujos objetivos primordiais são a manutenção dos empregos e a preservação do caixa nesse momento desafiador vivido em razão da pandemia do coronavírus no País.

Após um mês de negociações com o Sindicato, chegou-se a um acordo inédito no mercado da aviação, válido pelos próximos 18 meses. A medida, que pode se tornar uma referência para outras empresas do setor, abrange 926 comandantes, 964 copilotos e 3.262 comissários de bordo da GOL. 

A contrapartida dos acordos é a garantia de emprego, ficando vedada qualquer demissão sem justa causa durante o período de vigência dos ACTs.

“Durante a trajetória da Companhia, esse mesmo time atuou em diferentes cenários, ora favoráveis e às vezes muito desafiadores, inclusive em fortes crises, como as de 2008 e 2015. Em todos os casos, conseguimos superar e surpreender os que estavam ao nosso redor. Somos uma empresa forte, unida e robusta, e reconhecida como uma das  melhores equipes da aviação brasileira, com o mais baixo custo e um modelo de negócios simples, adaptável e com a flexibilidade necessária para navegar no nosso setor”, afirma Celso Ferrer, vice-presidente de Operações da GOL.

Foram dois dias de votação (3 e 4 de junho), com um resultado que atende completamente aos anseios de estabilidade de emprego, flexibilidade – ou seja, a capacidade de resposta rápida à recuperação das operações – e manutenção do caixa a curto e médio prazos.

“Esse panorama desafiador nos faz retornar aos nossos primeiros anos de operação como uma Companhia aérea integral de custo e tarifa reduzidos, mas que ao mesmo tempo carrega consigo o otimismo e a paixão por entregar a cada Cliente a melhor experiência”, continua Celso.

De acordo com a GOL, assim que retomar completamente suas operações no setor aéreo, a Companhia terá preservado um quadro de Colaboradores que já atua de forma séria, coesa e na mesma direção. 


“Agradecemos aos nossos Colaboradores que participaram dessa votação e por estarem junto com a Companhia neste momento tão delicado e também ao Sindicato Nacional dos Aeronautas, que se mostrou totalmente empenhado na busca das melhores soluções”, finaliza Celso.

 

Veja a íntegra dos ACTs aprovados e as listas divulgadas pela empresa:

Comissários: https://tinyurl.com/y8sgpwc7
Copilotos: https://tinyurl.com/ydbr6owf
Comandantes: https://tinyurl.com/y8h676mu

DEIXE UMA RESPOSTA