• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Holanda recebeu autorização para comprar mísseis furtivos JASSM-ER

Míssil de cruzeiro AGM-158 JASSM possui características de baixa observabilidade (stealth). Foto: Robert Frola.
Míssil de cruzeiro AGM-158 JASSM possui características de baixa observabilidade (stealth). Foto: Robert Frola.

A Holanda recebeu autorização do Departamento de Estado dos Estados Unidos para comprar mísseis de cruzeiro AGM-158 Joint Air-to-Surface Standoff Missiles with Extended Range (JASSM-ER). Avaliada em US$ 908 milhões, a venda ainda deve ser aprovada pelo Congresso dos EUA. 

Segundo a Agência de Cooperação em Segurança e Defesa (DSCA), a Holanda solicitou a compra de 120 mísseis e material relacionado, incluindo versões de treinamento do armamento, documentação sensível, kits com instrumentação para ensaios, peças sobressalentes, serviços de treinamento e suporte e demais itens.

“Esta venda proposta apoiará os objetivos de política externa e de segurança nacional dos Estados Unidos” e “a capacidade dos Países Baixos de enfrentar ameaças atuais e futuras, aumentando a sua capacidade de combate aéreo”, diz a nota da organização.

Embora a DSCA não dê detalhes sobre a integração do míssil, acredita-se que os AGM-158 sejam adicionados ao leque de armamentos dos caças stealth F-35 Lightning II, uma vez que a numerosa frota de jatos F-16 está em fase de aposentadoria. Parte destes aviões serão, inclusive, doados à Força Aérea da Ucrânia.

F-35 com mísseis de cruzeiro AGM-158 JASSM. Imagem: Lockheed Martin.
Holanda, Estados Unidos

Imagem: Lockheed Martin.

Desenvolvido pela Lockheed Martin para as Forças Armadas dos EUA, o AGM-158 JASSM (Joint Air-to-Surface Standoff Missile) é um míssil de cruzeiro com características de baixa-observabilidade (stealth), em serviço com a USAF desde 2009.

O armamento tem um alcance de 370 km e possui uma ogiva de 450 kg de explosivos, reforçada para a penetração de alvos como hangares e bunkers reforçados. A variante JASSM-ER (Extended Range) entrou em serviço em 2014, tem um alcance de 925 a 1000 km e também é base para o AGM-158C LRASM, novo míssil anti-navio de longo alcance para a Marinha dos EUA, atualmente em desenvolvimento.

Além dos JASSM-ER, a Holanda também foi autorizada a comprar mísseis 386 AGM-114R2 Hellfire por US$ 150 milhões. Originalmente desenvolvido como um míssil anti-tanque, o Hellfire evoluiu como uma arma multifuncional com várias versões. O míssil já é usado pela Holanda, principalmente a partir dos helicópteros de ataque AH-64 Apache. 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.