Foto: IAI

A Israel Aerospace Industries (IAI) lançou o OPAL, uma solução inovadora que conecta todas as plataformas na arena de batalha, tanto tripuladas como não tripuladas.

O OPAL funciona com base em uma nuvem descentralizada de comunicação para todos os membros em terra, no ar e no mar, a fim de possibilitar o compartilhamento de dados em tempo real. Isso permite que todos os membros troquem informações relevantes para obter um panorama abrangente do campo de batalha. 

O OPAL conta com uma rede de comunicação segura e comprovadamente confiável que conecta diferentes redes e plataformas sem estações de base fixas. O sistema é compatível com qualquer plataforma, incluindo caças avançados, tanques, navios e tropas terrestres.

A solução OPAL proporciona uma gama de recursos de comprovada eficiência e flexibilidade operacional sem precedentes, que permite uma utilização otimizada dos recursos disponíveis para maximizar a efetividade em um amplo espectro de missões.

O OPAL é instalado em uma variedade de caças avançados, helicópteros de ataque, aeronaves de reabastecimento, VANTs, navios, centros de comando e controle, além de estações de base móveis e fixas.

O OPAL oferece aos usuários vários benefícios significativos:

  • Eficácia otimizada em alcançar os objetivos da missão ao gerar e compartilhar um Panorama Operacional comum a todos os envolvidos em tempo real, provendo interoperabilidade de caças de 5ª. geração com plataformas antigas, utilização maximizada de recursos e a habilidade de executar várias missões dentro de um determinado prazo.
  • Capacidade de sobrevivência melhorada ao compartilhar informações sobre ameaças com as forças de ar e terra para evitar a entrada em zonas de perigo. Segurança de voo incrementada com indicações para evitar colisões, que alertam os pilotos a  condições de colisão iminente e exibem visualmente manobras para evitar colisões. Esse recurso já salvou muitas vidas nos últimos anos.
  • Economia de tempo e custos, pois o sistema OPAL permite aos usuários desenvolver novas capacidades operacionais e implantá-las rapidamente sem precisar trocar hardware ou blocos de software de aviônicos das aeronaves. Essa capacidade reduz significativamente o tempo de introdução de novos recursos nas plataformas, que é assim reduzido de anos para meses.

Via- IAI