Boeing 737 MAX
Foto - Divulgação

A KLM juntamente com duas filiais de baixo-custo do Grupo Air France-KLM, podem finalizar em breve uma encomenda para 160 aeronaves Boeing 737 MAX, de acordo com fontes do setor.

O contrato para a encomenda dessas aeronaves está em fase final de elaboração. O Grupo Air France-KLM começou há pouco a renovação da sua frota narrowbody, com a Air France recebendo o primeiro A220-300 e a KLM do primeiro Embraer E195-E2, e planeja acelerar a chegada de novos aviões para cumprir seu plano de reduzir as emissões de carbono.

Os 160 aviões devem operar na KLM, na Transavia France e na Transavia Netherlands. Atualmente a KLM tem quase 50 aviões Boeing 737 NG (Geração Anterior ao 737 MAX) na sua frota, já a divisão da Transavia Netherlands tem 40 aviões Boeing 737 NG, e a divisão francesa tem 50 aviões 737 NG.

Todos esses 140 aviões serão substituídos por aeronaves da família 737 MAX. As fontes do setor também apontam que o Grupo Air France-KLM está em processo de escolha entre as variantes 737 MAX 8 e MAX 10, sendo esta última a maior já construída em quatro gerações deste modelo de aeronave com capacidade para até 230 passageiros.

Boeing 737 MAX 10
Versão MAX 10 precisou de adaptações especiais para virar realidade. Foto: Boeing

A encomenda pode ter um bom impacto financeiro na Boeing, totalizando 17,6 bilhões de dólares em preço de tabela, mas vale ressaltar que uma encomenda grande raramente é fechada sem generosos descontos por parte da fabricante.

Na Europa a Boeing ainda aguarda uma grande encomenda de 200 aviões 737 MAX por parte da British Airways, e outra da Ryanair para a mesma quantidade de aeronaves.

 

DEIXE UMA RESPOSTA