• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Lufthansa realiza pedido histórico para o Boeing 737 MAX e o Airbus A220

Lufthansa Airbus Boeing 737 MAX A220

A Lufthansa anunciou hoje um pedido histórico envolvendo aeronaves 737 MAX e A220.  Para o pedido da Boeing, a companhia fechou um acordo para até 100 jatos, o que tornará a companhia alemã uma das maiores operadoras do 737 MAX na Europa. O compromisso inclui um pedido firme de 40 aviões 737-8 com 60 opções.

A Lufthansa lançou o Boeing 737 em 1967, recebendo o primeiro de 146 737 até a entrega final de um 737-300 em 1995. A companhia aérea retirou seu último 737 em 2016, ao iniciar seu programa de modernização da frota de todo o grupo.

O Grupo Lufthansa fez uma série de encomendas de aviões widebodye nos últimos anos para acelerar a substituição de aviões mais antigos. Sua carteira atual inclui pedidos firmes de 34 aviões 787 Dreamliners, sete cargueiros 777-8 e 20 aviões 777-9.

Acerca do acordo com a Airbus, a Lufthansa conta com um pedido de 40 A220-300 adicionais para sua frota de curto e médio curso. Com a sua última encomenda, a Lufthansa reforça a sua relação de longa data com a Airbus. Desde o A300 na década de 1970, o Grupo Lufthansa opera todos os membros da família de produtos Airbus, desde o A220, Família A320, A330/A340, A350 e A380.

O mais recente A220-300 de última geração é o irmão maior da bem-sucedida família A220, transportando entre 120 e 150 passageiros em voos de até 3.400 milhas náuticas (6.300 km). A aeronave oferece consumo de combustível e emissões de CO2 25% menor por assento em comparação com aeronaves da geração anterior. Possui também a maior cabine, assentos e janelas da sua classe, garantindo conforto superior.

 

Leia também: 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Redator

Apaixonado por aviões e fotografia, sempre estou em busca de curiosidades no universo da aviação.


Contato: [email protected]