Porta-aviões italiano obtém certificação de aeronavegabilidade do F-35B

Caça F-35B decolando do porta-aviões italiano ITS Cavour- Foto: Marinha italiana

O porta-aviões ITS Cavour, da Marinha italiana recebeu a certificação para a aeronavegabilidade dos caças furtivos F-35B, a variante do avião com capacidade de pouso e decolagem na vertical (STOV).

A certificação consistiu em testes no mar com dois F-35B dos EUA, pertencentes ao VX-23 (Esquadrão de Teste e Avaliação Aérea 23) da Naval Air Station Patuxent River (NAS Pax River), Maryland.

Ao todo foram quatro semanas de testes, os mesmos terminaram nesta sexta-feira, 26 de março de 2021. Os devidos testes começaram em fevereiro ainda na base naval de Norfolk, EUA.

“Concluímos todos os testes planejados e atualmente podemos emitir uma Autorização de Voo Provisória (IFC), que permitirá que Cavour e sua tripulação, juntamente com os F35Bs do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, continuem o treinamento. Quando retornarmos ao ‘Pax River’, analisaremos cuidadosamente os dados coletados e então poderemos emitir a certificação final ”disse Ron Hess, que trabalha como Líder de Equipe de Basing and Ship Suitability (BASS) para o F-35 Patuxent River Integrated Test Force (ITF), em um lançamento oficial da Marinha italiana.

F-35B Marinha Militar Italiana

No entanto, outras certificações ainda virão, o planejamento é que a Marinha Italiana obtenha sua Certificação Final em 2024, ao mesmo tempo que irá receber seu último F-35B.

A Itália é uma das nações pioneiras na aquisição do caça de 5º geração F-35, o país europeu deve adquirir 90 caças, sendo que 60 serão da versão A, e 30 da versão B, sendo que 15 serão usados pela força aérea e os outros 15 pela marinha.