Qatar Airways Boeing 777
Amsterdam, The Netherlands - May 4, 2015: A Boeing 777-FDZ of Qatar Airways Cargo lands at Amsterdam Airport Schiphol (The Netherlands, AMS) on May 4, 2015. The name of the runway is Polderbaan.

Diante do agravamento da crise de saúde na Índia, a Qatar Airways vai transportar gratuitamente 300 toneladas de equipamentos médicos e suprimentos para o combate a Covid-19 no país. 

A companhia aérea planeja usar seu hub em Doha para gerenciar todos os voos cargueiros para a Índia. Segundo a empresa, serão três voos partindo da cidade com equipamentos médicos a bordo, EPIs, Cilindros de Oxigênio além de outros suprimentos de combate ao vírus.

A remessa será de 300 toneladas ao todo, diversas doações de grandes empresas e de pessoas físicas foram contabilizadas. A Qatar Airways Cargo será designada para a missão e deverá utilizar três aeronaves Boeing 777F. 

“O Estado do Qatar tem uma relação longa e especial com a Índia e vimos com grande tristeza a COVID-19 ter mais uma vez causado um desafio significativo ao país.” Disse Akbar Al Baker, CEO da Qatar Airways.

A companhia com sede em Doha se comprometeu desde o inicio da pandemia a ajudar e transportar vacinas e equipamentos médicos necessários em parceria com a Unicef. Os voos deverão acontecer nos próximos dias em razão do agravamento da crise causada pela pandemia de Covid-19 no país.

A situação atual da Índia faz com que outros países enviem aeronaves para voos de repatriação. Por enquanto há um aumento de voos da Air Índia para os EUA visando levar mais cidadãos norte-americanos para casa, a Korean Air e a Asiana Airlines estão buscando um acordo para realizar alguns voos de repatriação. 

A Qantas também deverá realizar alguns voos para repatriar australianos que estão impedidos de voltar ao seu país de origem devido a suspensão de voos da Air Índia para a Austrália até meados de maio. 

“Os cidadãos americanos que desejam deixar a Índia devem aproveitar as opções de transporte comercial. Quatorze voos diretos entre a Índia e os Estados Unidos são oferecidos diariamente, com opções de voos adicionais disponíveis para cidadãos dos EUA por meio de transferências em Paris e Frankfurt.” Disse a Embaixada dos EUA na Índia.