GOL Boeing 737-800

Buscando renovar sua frota com jatos mais novos e modernos, a GOL Linhas Aéreas devolveu nesta semana mais um Boeing 737-800. Esta aeronave voou anteriormente na Air China antes de chegar para a companhia brasileira.

O Boeing 737-800 de matrícula PR-GZZ fez seu último voo com a GOL no dia 15 de maio quando chegou em Confins procedente de Guarulhos.

Atualmente a GOL conta com 104 aeronaves Boeing 737 NG das versões -700 e -800, além de 34 737 MAX. A companhia aérea planeja encerrar o ano com 44 aeronaves 737 MAX em sua frota.

O PR-GZZ chegou para a GOL em dezembro de 2019, como parte de uma recomposição da frota que estava afetada pela suspensão de voos do Boeing 737 MAX. 

Este Boeing 737-800 voou por 13 anos na Air China sua única operadora até ser repassado para a GOL por meio de leasing. Uma das características desse avião é que ele não possuí os winglets na ponta das asas.

Sua cabine de passageiros era um pouco diferente do padrão da empresa brasileira, era configurado para 167 passageiros sendo 8 na Executiva e 159 na Econômica.

Confira o Flight Report a bordo do Boeing 737-800 PR-GZZ, voando na poltrona executiva.

A aeronave decolou na última segunda-feira (25) do Aeroporto Internacional de Confins onde a GOL possuí seu Centro de Manutenção de Aeronaves, a GOL Aerotech.

Com um pernoite da tripulação em Espargos (SID), seguiu viagem ao final da tarde para Liége (LDG) na Bélgica, onde será devolvido ao lessor.