Irkut MC-21 Rússia PD-14

A Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO) certificou o novo motor PD-14, fabricado pela russa Aviadvigatel, no padrão de emissões de CO2 para novos motores, que serão implementados a partir de 2023.

O motor PD14 equipa a aeronave MC-21 e se destaca por querer concorrer com os avançados motores CFM Leap e PW Pure Power. 

Motor PD-14. Foto – Mikhail Voskresenskiy

Os motores PD-14 da Aviadvigatel, foram certificados para a operação em 2018. Esses motores possuem empuxo de 30.800 libras e um diâmetro de 1,9 metros. Segundo a fabricante o consumo dos novos motores PD-14 é de 10 a 15% menor do que a geração anterior.

O PD-14 está virando até mesmo base para outros motores da Rússia, como uma versão de nova geração que pode equipar o CR929. Como base, ele foi desenvolvido a partir da engenharia do motor PD-90, também fabricado pela Aviadvigatel.

Em termos de engenharia, o motor PD-14 utiliza um núcleo “comum”, assim como o CFM Leap, sem a presença de caixa de engrenagens entre o fan frontal e a “parte quente” do motor, como no motor Pure Power da PW.

A primeira companhia que receberá o MC-21 com motores PD-14 será a Red Wings. A Aeroflot, por sua vez, preferiu encomendas o MC-21 com motores PW, a opção ocidental para o novo avião russo.

O MC-21 com motores PD-14 já está sendo certificado. Você pode conferir mais Clicando Aqui e no vídeo abaixo.