Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

China Rússia CR929
Foto: Divulgação

A United Engine Corporation (UEC)/Aviadvigatel concluiu a montagem do primeiro motor PD-35, a nova geração de motores construídos pela estatal russa para os aviões widebody de nova geração.

O PD-35 é o motor mais potente já criado pela Rússia para um avião comercial. As tecnologias são derivadas do motor PD-14, concorrente do CFM Leap-1A, e construído com materiais compostos e novas ligas metálicas para ser mais econômico no consumo de combustível.

O protótipo, fabricado pela UEC-Aviadvigatel, já foi instalado na bancada de testes, e os primeiros resultados mostram um funcionamento confiável dos sistemas. O protótipo conta com um novo núcleo, compressor de alta pressão, turbina de alta pressão e câmara de combustão.

Projeção do motor PD-35 e seu tamanho final. A Rússia não divulgou fotos do protótipo.

“O desenvolvimento do motor PD-35 ultrapassou um marco importante, a montagem do primeiro motor de demonstração. Este trabalho está em andamento há um ano e meio; especialistas de várias empresas da Rostec State Corporation em estreita cooperação vêm preparando o arcabouço para o início dos testes e fabricação dos diversos componentes do produto. Agora, o motor demonstrador está em testes, seus componentes apresentam um funcionamento confiável e o modo de baixo consumo foi garantido”, disse Vladimir Artyakov, Primeiro Diretor Executivo Adjunto da Rostec State Corporation.

O trabalho também está em andamento para dominar 18 novas tecnologias “críticas”: novos materiais, revestimentos, novas soluções de design e tecnologias foram ou estão sendo criadas.

“No momento, os novos componentes estão sendo testados em condições atmosféricas padrão de acordo com o programa aprovado. Os testes devem confirmar a operacionalidade fundamental do projeto do motor. Além disso, os resultados dos testes nos permitirão avaliar os parâmetros das unidades definidos pelas especificações de requisitos técnicos”, disse Alexander Inozemtsev, Diretor Geral Designer da UEC-Aviadvigatel.

O PD-35 vai equipar o CR929, um widebody sino-russo em desenvolvimento para concorrer com o 787 da Boeing. O país também estuda utilizar o motor para modernizar aeronaves antigas da Antonov e Ilyushin. 

A estatal destaca que o PD-35 é um dos projetos mas ambiciosos da indústria aeronáutica russa, envolvendo todos os principais centros de pesquisa do país, além da UAC e UEC. “O projeto envolverá o uso de várias tecnologias e materiais avançados.”

DEIXE UMA RESPOSTA