Ryanair Boeing 737 MAX 200 200
Boeing 737 MAX 200 nas cores da Ryanair.

A Ryanair voltou a negociar com a Boeing uma encomenda bilionária para mais de 100 aviões 737 MAX 10. Este é o maior avião da família 737 MAX, e de todas as gerações do 737.

A companhia planeja que as entregas ocorram a partir de 2026, e todos os aviões serão configurados com a capacidade máxima, 230 assentos. Este prazo é conveniente para a aérea, devido ao encerramento das entregas do 737 MAX 200 no mesmo ano.

bOEING 737 MAX 10
Boeing 737 MAX 10

Além disso, Michael O’Leary, o CEO do Grupo Ryanair, disse que a demanda deve retomar nos próximos quatro a cinco anos. Com o avião maior a companhia poderá utilizá-lo em rotas de alta demanda na Europa.

“Vamos ficar mais fortes nos próximos quatro ou cinco anos por causa da pandemia. Em parte porque outras companhias aéreas faliram, mas também porque fomos capazes de aumentar o tamanho de nossos pedidos de aeronaves com a Boeing”, disse O’Leary.

Concorrentes da Ryanair também utilizam aviões grandes para rotas movimentadas, como a Wizz Air e a Easyjet, com o Airbus A321neo.

O 737 MAX 10 possibilita que a companhia transporte 33 passageiros a mais por voo, em comparação com o 737 MAX 200. Porém, além dos assentos adicionais a Ryanair também ganha no custo: O 737 MAX 10 tem o menor custo por passageiro transportado em toda a família de aeronaves.

Como a companhia tem atualmente 210 encomendas confirmadas para o 737 MAX, as negociações devem incluir também um bom desconto para a aquisição destas aeronaves.