Gripen E da FAB decolando para seu voo inaugural-Foto; SAAB

O primeiro Gripen F (versão para dois pilotos) do Brasil já está sendo construído pela SAAB. A empresa sueca informou hoje, dia 26 de março que a construção do caça já está em andamento na fábrica da empresa em Linköping, Suécia.

A primeira parte da fuselagem do caça biposto da FAB. A peça de metal foi cortada, essa peça será usada na seção de dutos de ar, logo atrás do cockpit da aeronave.

Abaixo um curto vídeo do corte da peça de metal e depoimentos de mebros brasileiros e suecos do projeto Gripen NG:

“Esse marco é importante para o projeto Gripen, pois demonstra que a fase de desenvolvimento está ocorrendo corretamente. Isso sinaliza o início da produção do avião de dois lugares, o Gripen F, que é muito esperado pela Força Aérea Brasileira ”, diz o Coronel Renato Leite, chefe do Grupo de Monitoramento e Controle (GAC-Saab) da Força Aérea Brasileira.

O programa do Gripen F foi idealizado pelo Brasil e a Força Aérea da Suécia vai adquirir também a versão biposta do caça. Ao todo são cinco empresas brasileiras focadas no projeto do caça, a Embraer, AEL Sistemas, Akaer e Atech. A construção do caça vai acontecer nos dois países, sendo que o Gripen da FAB, da versão monoposta E, fez seu primeiro voo em agosto do ano passado.

Gripen E da FAB decolando da fábrica da SAAB para seu primeiro voo- Foto: SAAB

“Um trabalho em equipe muito eficaz entre muitas pessoas dedicadas, tanto na Suécia quanto no Brasil, abriu o caminho para esse marco nesta nova versão do Gripen. Esses tipos de marcos são momentos especiais devido à sua raridade e isso é ótimo ”, diz Jonas Hjelm, chefe da área de negócios aeronáutica da Saab.

Gripen NG (Mock up) .Os primeiros caças chegarão ao Brasil em 2021- Foto: FAB

A FAB fez a encomenda de 28 caças Gripen E que começarão a ser entregues a partir de 2021 e de oito Gripen F, que devem começar a ser entregues em 2023. Ao todo serão 36 caças Gripens NG (na FAB serão chamados de F-39), os novos caças ficarão na ALA 2, em Anápolis-GO.


Atualmente apenas o Brasil e a Suécia irão operar o Gripen NG. A SAAB está oferecendo o caça para à Finlândia que está em uma negociação para atualizar sua força aérea.

DEIXE UMA RESPOSTA