Primeiro-ministro indiano, Narendra Modi e ao fundo o presidente chinês, Xi Jinping- Foto: Manish Swarup/AP

Ao menos três militares indianos morreram em um conflito com tropas chinesas em Ladakh, na tensa região da Caxemira. Essa mortes são as primeiras na região em pelo menos 45 anos.

Um porta-voz do Exército Indiano disse que os mortos na fronteira eram um oficial e dois soldados.

A China não confirmou nenhuma morte, mas disse que houve invasão de fronteira no vale de Galwan.

O Porta-voz por parte da China disse que a Índia atravessou a fronteira duas vezes na data de ontem, segunda-feira (15).

Fonte: BBC

Como já dito as mortes foram primeiras após o conflito armado entre as duas nações em 1962, onde a China venceu o conflito.

No ponto de vista bélico as nações asiáticas aumentaram bastante seu poder de fogo. As duas nações contam com o maior exército do mundo (em número de soldados). Ambas nações dispõe de armamentos nucleares e cotam com uma poderosa força aérea, com caças SU-30, Hal Tejas (Índia), J-10 e J-21 (China) e mais recentemente Índia vem recebendo lotes de caças Dassault Rafale.

DEIXE UMA RESPOSTA