A SpaceX realizou no último dia 23 de dezembro o seu 21º lançamento de 2018, com um foguete Falcon 9 situado no Space Launch Complex 40 (SLC-40), no Kennedy Space Center.

A carga foi especial, pela primeira vez a SpaceX lançou um satélite encomendado pela Força Aérea dos Estados Unidos, o Global Positioning System III space vehicle (SV), um satélite do sistema de posicionamento global, mais conhecido como GPS, só que esse equipamento é de nova geração e vale no total 500 milhões de dólares, ele foi construído pela Lockheed Martin Corp.

Os lançamentos anteriores do Global Positioning System eram realizados por foguetes da ULA, uma joint-venture entre a Boeing e a Lockheed Martin no setor espacial, mas como a encomenda é da Força Aérea dos EUA, a decisão ficou desta vez pela SpaceX, pelo menor custo da missão. Caso o lançamento fosse realizado pela ULA em um foguete Atlas V o custo total superaria os US$ 250 milhões.

Foto – SpaceX

Anteriormente a SpaceX já tinha lançado um veículo secreto da Força Aérea dos EUA, e realizou diversas missões de relativa importância para a NASA, além do transporte de cargas para a Estação Espacial Internacional. Todas as 21 missões realizadas em 2018 obtiveram sucesso e colocaram a carga em órbita.

A SpaceX processou a Força Aérea dos EUA em 2014 devido a um contrato multibilionário firmado sem licitação com a United Launch Alliance, uma parceria da Boeing com a Lockheed. O contrato previa 36 lançamentos, mas o processo foi retirado em 2015, depois que a Força Aérea dos EUA aceitou abrir uma concorrência.

No ano seguinte, a SpaceX ganhou um contrato de 83 milhões de dólares com a Força Aérea para o lançamento do satélite GPS III, que terá uma vida útil de 15 anos.
 

O satélite é o primeiro lançamento de 32 outros em produção pela Lockheed em contratos que somam 12,6 bilhões de dólares para o programa GPS III, da Força Aérea, de acordo com o porta-voz da Lockheed, Chip Eschenfelder.

O próximo lançamento também deverá ser realizado pela SpaceX, e colocará o satélite em órbita em 2019.

 

Veja a transmissão ao vivo do lançamento no vídeo abaixo:

 

Com informações de Reuters.