• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Suécia poderá enviar caças Gripen para a Ucrânia

Militares carregando armamentos em um caça Saab JAS-39 Gripen
Militares carregando armamentos em um caça Saab JAS-39 Gripen. Foto: Saab.

O governo da Suécia estaria iniciando estudos para avaliar a transferência de caças JAS-39 Gripen para a Ucrânia. Segundo a mídia local, o governo vai pedir que as Forças Armadas apurem a viabilidade do envio dos aviões de combate à Ucrânia. 

De acordo com o portal sueco Sverigesradio.seo conselho de defesa sueco fará uma reunião na quinta-feira (14), recebendo o ministro da Defesa Pål Jonson, onde serão discutidas mais medidas de apoio à Kiev. Isso inclui a possibilidade de envio dos Gripens.

Citando outro site, o Ekot, o portal afirma que os líderes em Estocolmo deverão solicitar estudos aos militares para entender como uma possível transferência afetaria as capacidades de defesa da Suécia, e a rapidez com que a Suécia pode obter novos Gripen como compensação.

Gripen C sueco armado com mísseis ar-ar IRIS-T e AIM-120 AMRAAM e bombas GBU-39 SDB. Foto: Stefan Kalm - Saab.

Gripen C sueco armado com mísseis ar-ar IRIS-T e AIM-120 AMRAAM e bombas GBU-39 SDB. Foto: Stefan Kalm – Saab.

Kiev espera obter 16 a 18 Gripens, o equivalente a um esquadrão. Atualmente existem cerca de 90 JAS-39 em serviço com a Flygvapnet (Força Aérea Sueca). O site diz que “há uma série de fuselagens completas na Saab em Linköping, algumas das quais estão vazias e outros com equipamentos – e a questão é quão rapidamente poderiam ser preparados para a defesa e quanto custaria.”

Outra demanda a ser avaliada é como se daria o treinamento de pilotos e mecânicos ucranianos, bem como a alocação de recursos necessários para tal.

O movimento seria uma resposta ao presidente ucraniano Volodymyr Zelensky. Em sua visita à Suécia no mês passado, ele teria discutido a doação de caças Gripen com o primeiro-ministro Ulf Kristersson. Ainda no ano passado a Suécia negou a transferência dos aviões, mas agora pode estar mudando sua posição, seguindo o movimento realizado pelos Estados Unidos e nações parceiras da OTAN (a qual a própria Suécia logo deverá aderir), que aprovaram planos para o envio de caças F-16 Fighting Falcon. 

Caça F-16 da Força Aérea dos EUA durante exercício na Ucrânia

F-16 da ANG do Alabama durante um exercício na Ucrânia em 2011. Foto: ANG.

Um estudo divulgado por um instituto britânico em novembro de 2022 apontou o Gripen como o melhor avião a ser enviado para a Ucrânia. Segundo o think tank Royal United Services Institute (RUSI), o JAS-39 foi concebido pela Saab justamente para enfrentar a Rússia, notando que a aeronave foi preparada para operar de bases improvisadas em rodovias. 

A Suécia já havia doado uma série de armamentos e materiais militares aos ucranianos, mas a transferência dos caças seria algo inédito. Por outro lado, ainda que aprovada, deveria ser aprovada pelo governo dos EUA, uma vez que o Gripen possui importantes componentes de origem norte-americana, como seu motor. 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.