F-35A Lightning II voa sobre o Alasca. Foto: USAF

Uma semana depois que um programa investigativo suíço apontou que o F-35A Lightning II era o favorito entre os concorrentes para o novo caça da Schweizer Luftwaffe (Força Aérea Suíça), o Ministério da Defesa anunciou hoje (30) o caça stealth americano como o vencedor da concorrência. Pelo menos 36 unidades serão adquiridas no negócio avaliado em 6 bilhões de francos suíços. 

Dessa maneira, a Suíça torna-se o 15º país a adquirir o F-35, que superou o F/A-18 Super Hornet da Boeing, o Eurofighter Typhoon e o Dassault Rafale. Ainda ontem a Airbus afirmou que o Typhoon poderia ser montado no pequeno país europeu caso fosse escolhido, mas a oferta não foi suficiente: de acordo com a emissora SRF, o F-35 obteve o melhor desempenho em uma avaliação técnica. 

O F-35 vai substituir os F/A-18C/D Hornet e F-5E/F Tiger II, os dois modelos de caça da Suíça.

“Estamos honrados por sermos selecionados pela Suíça e esperamos fazer parceria com o governo, o público, a força aérea e a indústria suíça para entregar e manter a aeronave F-35″, disse Bridget Lauderdale, vice-presidente da Lockheed Martin e gerente geral do Programa F-35, em comunicado da fabricante. 

“Com a seleção, a Suíça se tornará a 15ª nação a aderir ao programa de registro do F-35, juntando-se a várias nações europeias no fortalecimento do poder aéreo e da segurança globais”.

Segundo a Lockheed, a seleção do F-35 como nova aeronave de caça da Suíça proporcionará vantagens econômicas e técnicas ao país nas próximas décadas. A indústria suíça terá a oportunidade de participar de oportunidades de pesquisa e desenvolvimento, produção e sustentação que estenderão suas capacidades no futuro. Como um novo participante do programa F-35, a Suíça se beneficiará da dedicação da Lockheed Martin à autonomia e soberania na integração de soluções nacionais.

F-35A Italiano. A Suíça é o mais novo país europeu a escolher o F-35 como seu vetor de caça. Foto: Andy Wolfe/Lockheed Martin.

Outra disputa na Europa será decidida ao final do ano. Na Finlândia, Rafale, Typhoon, Super Hornet, F-35 e Gripen E/F concorrem o H-X Challenge para decidir o substituto dos F/A-18 Hornet finlandeses. As fabricantes entregaram as propostas finais no final de abril e a decisão deve ser anunciada ao final de 2021. 

DEIXE UMA RESPOSTA